Solverde aposta dois milhões e cria 40 empregos no jogo online

Solverde aposta dois milhões e cria 40 empregos no jogo online

O grupo Solverde, que explora cinco casinos em Portugal, já recebeu a licença para a exploração de jogos na internet. O serviço deverá ficar online em Dezembro próximo, num investimento da ordem dos dois milhões de euros e que vai criar entre 30 e 40 postos de trabalho.

O grande rival da Solverde – o grupo Estoril-Sol, que detém os casinos do Estoril, de Lisboa e da Póvoa – já tem o seu serviço de jogos online, mas o dono dos três casinos do Algarve, de Espinho e de Chaves só deverá disponibilizar a sua oferta na internet no final deste ano.

“Contrariamente à Estoril-Sol, nós partimos do zero”, justificou Manuel Violas, presidente da Solverde, em entrevista ao Negócios. “Estamos sozinhos neste processo e a fazer tudo de raiz. O nosso casino online [ www.casinonline.solverde.pt] será 100% Solverde”, enfatizou Silva Carvalho, administrador do mesmo grupo.

 

Violas confirmou que a Solverde já recebeu a licença para passar a disponibilizar jogos na internet, devendo a sua plataforma online “entrar em testes em Setembro e arrancar em Dezembro – provavelmente na primeira quinzena desse mês”, avançou o empresário.

“Já recebemos a licença, agora há todo um processo de certificação das plataformas dos jogos, dos próprios jogos, dos meios de pagamentos, entre outras matérias, que está em curso”, explicou Silva Carvalho.

O segundo maior concessionário de casinos em Portugal estima investir “cerca de dois milhões de euros” neste projecto e contratar  “entre 30 a 40 pessoas”.

Sobre a oferta a disponibilizar online, Silva Carvalho garantiu que a Solverde vai ter “seguramente dezenas de jogos, ou mesmo mais [leia-se centenas]”. A grande aposta será “nos chamados jogos de casino, como o ‘blackjack’ [de cartas] e a roleta’, e nas ‘slotmachines’”.

O administrador da Solverde não quis mensurar a facturação que a exploração do jogo online poderá gerar para o grupo, adiantando apenas que espera que “seja um bom negócio complementar aos casinos físicos”.

A licença atribuída pelo Serviço de Regulação e Inspecção de Jogos do Turismo de Portugal é válida pelo prazo inicial de três anos, a contar da data da sua emissão.

A Solverde é o quarto operador conhecido com licença para operar em Portugal, depois da Estoril-Sol, Betclic e da Bet terem já anunciado a aprovação das suas candidaturas.

Há pouco mais de uma semana, o Turismo de Portugal confirmou que estavam a ser avaliadas 13 candidaturas, apresentadas por nove empresas, a novas licenças para jogos de fortuna ou azar online.

Fonte: Negócios

VISITE A NOSSA PLATAFORMA INTERNACIONAL

0 BASE...

Related Posts

Leave A Response

Example Skins

dark_red dark_navi dark_brown light_red light_navi light_brown

Primary Color

Link Color

Background Color

Background Patterns

pattern-1 pattern-2 pattern-3 pattern-4 pattern-5 pattern-6

Main text color