Portugal: Protesto Trabalhadores do Casino da Póvoa contra despedimento colectivo

PROTESTO TRABALHADORES DO CASINO DA PÓVOA CONTRA DESPEDIMENTO COLECTIVOOs trabalhadores do Casino da Póvoa manifestaram-se hoje frente à Inspeção do Jogo e Turismo de Portugal, em Lisboa, exigindo a suspensão do processo de despedimento coletivo e o cumprimento da lei, nomeadamente quanto ao branqueamento de capitais.

Os manifestantes vestiram-se com t-shirts pretas, com símbolos dos naipes de cartas impressos e contando palavras de ordem como “Estoril Sol lucro sobe 800%” e “12 milhões para despedir, o Estado paga”.

Francisco Figueiredo, representante do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Hotelaria, Restaurantes e Similares do Norte (STIHRSN), disse aos jornalistas que a Inspeção de Jogos tem de “cumprir e fazer cumprir a lei”.

A Inspeção “não pode estar de olhos vendados” e autorizar que os casinos se “transformem em centros de lavagem de dinheiro de origem ilícita”, afirmou.

Para o sindicalista, “não se pode aceitar que um cliente entre num casino com um saco de dinheiro às costas, que não se sabe a origem e saia de lá com dinheiro limpo”.

Sobre o despedimento coletivo de 21 trabalhadores do Casino da Póvoa, o sindicalista acusou a empresa de querer “reduzir ao mínimo os caixas”.

“Não havendo caixas, não é possível identificar os clientes e não é possível cumprir a lei de branqueamento de capitais”, disse.

Além da Inspeção de Jogos, os trabalhadores deslocaram-se hoje à Assembleia da República e à sede do grupo Estoril Sol, que detém o Casino da Póvoa, para exigiram um “quadro de pessoal adequado para que represente uma oferta turística de qualidade”.

Reconhecendo a quebra de lucros de 21,5% no casino em três anos, Francisco Figueiredo explicou que os requisitos para um despedimento coletivo passam por “falta de culpa do empregador e do empregado”.

“[A empresa] reduziu os espetáculos, o serviço de bar e dos restaurantes ou subcontratou-os, reduzindo a qualidade e a quantidade”, notou o sindicalista, acrescentando que o casino reduziu os funcionários em 24,5%.

O sindicalista afirmou, ainda, que a empresa fez obras no valor de 12 milhões de euros, dos quais seis milhões “pagos pelo Estado, descontados nas contrapartidas da concessão”.

“Com esta política, o Casino da Póvoa vai transformar-se num armazém de máquinas automáticas”, resumiu, o representante do STIHRSN, informando que o estabelecimento já teve “mais de 600 trabalhadores, atualmente tem 244 e com este despedimento fica em 220”.

Depois de terminada a negociação há mais de um mês, “agora a empresa está em condições de decidir a qualquer momento” o despedimento coletivo, concluiu.

Um dos funcionários abrangidos pelo processo é Luís Silva, caixa fixo na sala de máquinas e membro da comissão de trabalhadores.

“Todo este processo nasce de um plano da empresa, que já começou há dois/três anos atrás e que visa retirar do casino, todos os representantes dos trabalhadores e os elementos, que a empresa considera, os indesejáveis”, avançou à agência Lusa.

Luís Silva indicou que dos 21 trabalhadores abrangidos pelo processo, “20 estão sindicalizados”, “três são representantes dos trabalhadores” e “três são dirigentes sindicais e um delegado sindical”.

Fonte: Notícias ao Minuto/Lusa

                                                                                                                                                             

Desde 2004

JOGO REMOTO   Observatório do Jogo Remoto.   Jogo Responsável   Jogo Excessivo   Regulação   Fraude Desportiva.   Responsible Gambling
 
OJR   Visite o Observatório do Jogo Remoto, provavelmente a maior base de dados existente, sobre jogo online… aqui
 
OJR   Conheça e acompanhe o desenvolvimento do nosso projeto europeu … aqui
 
  Visite a nossa página no facebook … aqui

 

PROJECTO EUROPEU EM DESENVOLVIMENTO

   The Remote Gambling Observatory aggregates transparent and credible information on the licensed operators in the various jurisdictions of the European Union, monitoring their policies for responsible gambling by internationally recognized and scientifically validated standards.
Through the indicators  and dimensions of analysis that make up those standards, the Observatory allows an, independent and accurate, assessment of the operators, with regard to its security policies and consumer protectionin several domains.
On the way to a european gambling market regulation, the transparency and accuracy of responsible gambling data disclosed to the public, represents a clear contribution of licensed operators for a reliable gambling environment, reinforcing the consumers trust on the safety of their bets and the knowledge of a sector committed to quality products and with respect for their customers.

.

   O Observatório do Jogo Remoto agrega informação, transparente e credível, sobre os operadores licenciados nas diversas jurisdições da União Europeia, monitorizando as suas políticas de jogo responsável através de requisitos reconhecidos internacionalmente e validados cientificamente.
Através das dimensões de análise e indicadores que compõem aqueles requisitos, o Observatório permite efectuar uma avaliação, independente e rigorosa dos operadores, no que respeita às suas políticas de segurança e protecção dos consumidores nas mais variadas vertentes.
Num caminho para uma regulação europeia do mercado do jogo, a transparência e o rigor da informação prestada ao público no que concerne ao jogo responsável, representa um claro contributo dos operadores licenciados para um ambiente de jogo credível, reforçando a confiança dos consumidores na segurança das suas apostas e no conhecimento de um sector comprometido com a qualidade dos seus produtos e com o respeito pelos seus clientes.

 

All rights reserved | Todos os direitos reservados | responsiblegambling.eu

Related Posts

Leave A Response

Example Skins

dark_red dark_navi dark_brown light_red light_navi light_brown

Primary Color

Link Color

Background Color

Background Patterns

pattern-1 pattern-2 pattern-3 pattern-4 pattern-5 pattern-6

Main text color